quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

SEM TITULO

Pessoas disseminando seus ideais apartir de um personagem

Você cria seu personagem baseado numa cultura
(EX:Árabe, Indigena, Mulçumano)
Criando uma ianteração entre as culturas propostas, discutindo assuntos do cotidiano, ou não.
Moema Freitas


Personagens que consigam ir além do senso comum e influenciar a partir da criatividade, personagens sem alma porém caracterizados dae figuras famosas com comportamentos excentricos ou inusitados.
EX: Ghandi niilista que prega o sexo livre ao invez da paz, um Hitler homosexual que trabalha com a "animal front of liberationl" e cuida de 20 coelhinhos em casa. John Lennon de óculos redondo e roupa de empregada confessando como ele é usado como escravo domestico pela Yoko Ono, um xiita que é fã da lady gaga, um indígena diretor de filmes metido a Warrol, um japones de 12 anos de idade que se comporta e dialoga como um líder popular latino e prega a abolição do imperialismo americano.

Esse humor acido deve transparecer na aparência do personagem, porém eles podem conservar valores reais e libertários, anti-manipulação e padronização dos comportamentos, anti-herói, anti-personagem.
DAVE KLINT
Continua ...
A idéia é coletiva
Contribua!





Arnaldo Antunes- em intervenção  web Cam

O Sú e o Real

Roberto Rodrigues

Natureza Morta de Jan Kruml


Trabalhos distintos
sem nenhuma ligação


Para quem não conhece, Roberto Rodrigues é um dos muitos irmãos do cronista e dramaturgo Nelson Rodrigues. Morreu novo, na redação do jornal da família, assassinado.


O Checo Jan Kruml é fotógrafo profissional e um artista freelancer experiente. Internacionalmente conhecido por seus documentários em Praga, República Checa.

Resenha Crítica





Resenha Critica

Por Moema C. Freitas

Delete Love
Mais Um
Maicou Diéquison

A estréia do vídeo de ficção Delete Love produzido pela MIRABOLICA PRODUÇÕES exibido na Ultima quinta feira na casa da cultura Barra do Jucú levou ao publico uma linguagem moderna com um certo lirismo.

Razão e emoção com um pingo de contemporaneidade.

No enredo do curta o personagem principal compara a memória do computador com a sua, o conflito se resume em um desentendimento com o seu amor.

O que o leva a decidir se o apaga ou não. DELETE LOVE

O segundo vídeo exibido foi um documentário.

O negro é discriminado até os dias de hoje.

Números comprovam que mais de 75% das pessoas autuadas tem a pele de cor negra

O principal questionamento é na forma de abordagem dos policiais e de mais da metade da população com hierarquias na sociedade.

Podemos resumir esse pré-conceito nos estereótipos, criados pela cultura de massa:

BANDIDO, POBRE, MENDIGO,MACUMBEIRO, PRETO

“Se você soubesse o valor que o preto tem, se pintava de Piche preto e virava negro também.”

A escassez de informação e de inclusão na própria cultura negra, já nos leva a “escrotizar” e criticar, “o ser humano diz tudo o que sabe sem saber que não sabe de nada” e assim acaba criando seu próprio ponto de vista.

Os negros trazem em sua pele sua cultura, sua religião e sua cor, eu me pergunto até hoje por que nas escolas não existem livros de literatura africana ou então por que cantos africanos não foram inseridos no ambiente escolar substituindo hinos ou cantos cristãos e evangélicos que são costumes na maioria das instituições como forma de didática pedagógica .

O candomblé é uma religião africana, Tupã, Oxalá, Iansã são deuses africanos e indígenas e deveriam ser respeitados tanto quando Deus, Buda ou Jeová, já que a nossa descendência pertence muito mais a eles do que qualquer outra cultura.

Na verdade o Brasil é um Pais laico e nenhuma religião deve ser imposta, mas fica a dica !

Os valores primaciais do laicismo são a liberdade de consciência, a igualdade entre cidadãos em matéria religiosa.

"Deus é um tipo ideal criado pelo próprio homem"

O conflito se resume em um PONTO de vista e na critiCIDADE, qualquer cidadão “teria” que ser tratado igualmente independente de credo classe ou religião, diferentemente da nossa realidade que em sua totalidade é dividida.

“Meu nome é Benedito João dos Santos Silva Beleléu vulgo nego dito nego dito cascavé.”

Itamar Assumpção Frente da Sociedade Anônima dos Negros

(ver artigo em http://www.baratapsicodelica.blogspot.com/ Negros S\A Por Freitas-Moa)

Maicou Diequison é um curta de ficção feito pela galera do Centro de Referencia da Juventude que fica em Vitória, o diretor do filme Natanael nos mostra um roteiro interessante onde a vida de Maicou é espelhada na do cantor POP Michael Jackson.

O assunto proposto é o pré conceito a falta de trabalho a necessidade e as escolhas...

O dinheiro fácil e o ambiente em que vive a pessoa influenciam na corporeidade do individuo, basta que ela aceite ou não, é tudo uma questão de escolha e necessidade, que eu não me atrevo a discutir... Já existem vários pontos de vista sociais analisando e justificando "N" motivos e possibilidades do "Porquê" que o camarada entrou no crime.

Cada qual tem seus motivos, quem sou eu pra julgar alguém!

SEM análises por enquanto!

http://imazul.org/festivaljovem5/2009/09/maicou-diequison-es/

Conclusão:

O ser Humano é um formador de Opnião

Ele é manipulado e manipula, logo o ser humano tem a capacidade de criar, anexar, salvar e até deletar pessoas.

O discurso é de uma sociedade anônima que é mascarada por uma sociedade escandalosa que espalha sua doutrina e dissemina, é o chamado modismo que é um ciclo e é efêmero. Onde é declarado um padrão, e tudo aquilo que for fora desse padrão é marginalizado pela sociedade com uma série de preconceitos e blás blás blás.

A sociedade deveria valorizar e reavaliar os conceitos de qualquer idéia ou intervenção que aconteça na sociedade seja ela corporal mental ou verbal.

E o que é efêmero... Há o que é efêmero se perde rapidamente, mas volta com novas cores cabelos, ritmos, tecidos.

A única coisa que não se perde é a identidade e a raça, isso é pra sempre.

O ser humano carrega em si estórias e história, pela sua descendência e sua capacidade de criar e modificar um meio pela sua arte e sua trajetória de vida, somos documentários anônimos que perambulam na marginalidade ou não.

Afinal eu sou um individuo anônimo no meio da multidão, eu vivo numa engrenagem social que é totalmente alheia ao meu drama pessoal.

Existem vários Maicous nas grandes metrópoles que são pedras brutas que bastam ser lapidadas. Por quem?? O conhecimento é uma moeda de troca, a idéia da evolução é a revolução, e assim vamos mudando um meio.

“Que eu me organizando posso desorganizar”

“Ajudante de traficante

Não tem vaga!

A policia matou

A policia matou

A policia matou

Quê quê isso quê quê isso

Quem foi que disse?

Quem foi que disse?

Samba não se aprende na escola

Noel Rosa!

Quê quê isso!”

(Música- Quê quê isso- Anselmo Groove e o C.R.I.M.E Caravana Revolucionária de Intervenção Musical Espontânea)

Vila Velha 07 DEZ 2010

moema.cfreitas@gmail.com


quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Revista Nozes

Curto Circuito

Tela Viva





A intervenção

A intervenção

Corporação de pintura urbana é um projeto baseado na “Tela Viva”

Que é um trabalho de expressão corporal Experimental baseado na pintura e projeção com uma temática marginal

Um inconveniente é que a expressão corporal e a projeção é uma arte efêmera. Demora horas para ser concebida, esboçada no papel e materializada na anatomia humana, se não for registrada em forma de imagem fotográfica ou cinematográfica, ninguém mais poderá admirá-la.

O projeto envolverá quatro pessoas: uma modelo, uma fotógrafa, um artista plástico e uma videomaker.

Corporação de Pintura Urbana + Tela Viva

Corporação de pintura urbana.

Reunião de indivíduos para um fim comum

Justificativa

O homem sempre pintou o corpo como um hábito cultural que vem de encontro com a estética, a religião, os ritos, as festas, as guerras etc. Contudo, a proposta norteia-se por pesquisas a respeito das linguagens artísticas da tatuagem e da arte contemporânea com enfoque na instalação.

Pesquisa:

O projeto focaliza a percepção do espectador com a temática marginal urbana.

A pesquisa está direcionada a imagem urbana (grafite, patrimônios históricos e ao suburbano)

Referencia:

Manifestações artísticas desenvolvidas no espaço público distinguindo se de manifestações de caráter institucional ou empresarial, bem como do mero vandalismo. Erosão Sujeira rachadura Pedras. Elementos urbanos que através do sutil toque da arte se transformam,

A intervenção urbana extrai e imputa conceitos no meio improvável.


imagem de referencia


Não é uma arte pública

Já que a mesma obriga a considerar as dificuldades que rondam a noção desse conceito.

Em sentido literal seriam as obras que pertencem às ruas e praças e são de acesso livre.



segunda-feira, 4 de outubro de 2010

A revolta de camarões

Bad bad bad
Ontem percebi que a mentira tem perna curta e que a minha cama tem um lençol pequeno
Uma caixa de sapato terra Camarão
O crime eo estopim

Que também por si só foi descobertos pela matriarca da casa
trazendo tamanha confusão
e me deixando a flor da pele.
trazendo também atona diversas coisas do passado.
enfim...
"Camarão que dorme a Onda leva".

http://www.youtube.com/watch?v=JYQ_OqOtU00&feature=player_embedded#!

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

VOTO NULO COMO PROTESTO SIM



Voto Nulo e Voto em Branco



Apos ler atenciosamente cada comentario e cada paragrafo das leis citadas cheguei a algumas conclusões.

1 - O "voto branco" não é acrescentado a candidato algum esse boato surgiu da facilidade em se adulterar os votos brancos quando em cedulas.

2 - Tanto o voto nulo quanto o branco são desconsiderados na contagem percentual dos votos que indica o candidato eleito segundo o artigo terceiro da lei 9504/97

http://www.presidencia.gov.br/ccivil_03/Leis/L9504.htm

3 - De acordo com o artigo 224 da lei 4.737/65
http://www.presidencia.gov.br/ccivil_03/Leis/L4737.htme com base nas informações do site do tre-sp http://www.tre-sp.gov.br/noticias/textos2004/not040930b.htm existe sim a possibilidade de anulação da eleição que ocorre caso os votos nulos ultrapassem 50% dos votos

4 - Portanto hoje em dia segundo a legislação a diferença pratica entre os votos nulos e brancos é que os votos nulos tem capacidade de mudar o cenario eleitoral e os brancos sao simplesmente desconsiderados



Lei de 1965 VOTO NULO

O dispositivo da lei 4737 de 1965 fala SE O TODAL DE VOTOS NULOS ATINGIREM MAIS QUE 50% DO TOTAL DE VOTOS, a eleição ESTÁ SIM CANCELADA:
Segue o trecho na íntegra do Artigo 224 dessa lei:
"Art. 224. Se a nulidade atingir a mais de metade dos votos do País nas eleições presidenciais, do Estado nas eleições federais e estaduais, ou do Município nas eleições municipais, julgar-se-ão prejudicadas as demais votações, e o Tribunal marcará dia para nova eleição dentro do prazo de 20 (vinte) a 40 (quarenta) dias."

Conclusão: O Voto nulo como protesto para o cancelamento de uma eleição é válido.
VOTE NULO


segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Surplus

Lixo, muito lixo. Consumo, muito consumo. Capitalismo, vida simples é possível? Surplus é um filme baseado em imagens e discursos de governantes como Fidel Castro. Um tiro curto de 50 minutos, uma reflexão sobre o problema de fundo da humanidade: o capitalismo sem controle ou como diz a sinopse oficial: "Um olhar sobre o jeito de ser e de viver da humanidade, este trabalho coloca em discussão não apenas a vida em sociedade e a ordem estabelecida, como também a própria essência humana. As necessidades dos homens, as maneiras de reagir a elas e as formas de controle social acabam por comprometer todo o ecossistema terrestre, sem exceção às relações humanas."

http://video.google.com/videoplay?docid=-7400393743229742503#

Sobre o Tela Viva

TELA ViVA é um projeto que envolve pintura, expressão corporal e fotografia, com enfoque na temática poética marginal.

A pintura corporal existe há muito tempo. O homem sempre pintou o corpo como um hábito cultural que vem de encontro com a estética, a religião, os ritos, as festas, as guerras etc. Contudo, a proposta norteia-se por pesquisas a respeito das linguagens artísticas da tatuagem e da arte contemporânea com enfoque na instalação, na pintura corporal.

Há que se destacar a aprendizagem significativa em um novo olhar que se tem a partir da compreensão de que o corpo deve ser respeitado e priorizado e que, tanto a tatuagem quanto a pintura corporal são portadores de uma conotação histórico-social em determinadas civilizações como a indígena, a africana, a budista, dentre outras.

O ato de pintar o corpo revela sentido para aqueles que as praticam, o que não ocorre com o homem ocidental que incorpora essas práticas em detrimento dos valores de outras culturas transformando, tanto as tatuagens quanto as pinturas corporais, em modismo. O resultado final do projeto pretende provocar no público tais reflexões.

domingo, 12 de setembro de 2010

Experimentando o Tela Viva em Serra Pelada (Afonso Claudio)


Dessa vez a pintura e o tempo foi poupado. Não que sejam desnecessários
A idéia foi experimentar.
Projeção, expressão e um quarto da Associação Diacônica Luterana aonde eu e mais uma amiga estamos hospedadas. Serra Pelada Fica em Afonso Claudio
Cismei que aqui seria o lugar
Tirando o frio, Tudo aqui é ideal.















segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Exibição de hoje

Boca De Lixo- Eduardo Coutinho

Serra Pelada


In Serra Pelada

TEXTO proibidão

ontem domingo dia 05 de setembro
eu e DRi L chegamos na rodoviária de Afonso Claudio.
Demos um rolê fomos na casa do secretário(ninguém estava lá) dri lavou a calçada, pintei a unha,comprei um prestobarba, bati um papo com a galera do 102 ... E depois de algumas horinhas Chegamos ao nosso destino.
A missão:
Ministrar uma oficina de vídeo em SERRA Pelada.
eu fui convidada pela dri para ajudar na oficina, que até então seria em Itaguasul...
mas no fim foi tudo de Boa, o lugar e lindo as pessoas são gentis e a dri (L) é camarada (adoro!)
Ontem foi tudo de boa Chegamos conhecemos a ADL logo a pós o bar local e logo após... conhecemos o revesamento 52 por 2 ou seja 52 alunos que saem da escola (de bike, moto, e apé) para vigiar as professoras.OBS ADL é Associação Diacônica Luterana.
O quarto é bacana tem um banheiro duas camas e uma ótima bascula um bom terraço e um bom campo de futebol lógico! Por que aqui só tem artilheira.
Aqui tem hora pra levantar, pra comer,pra dormir, pra escaldar enfim... rs
A diretora é super bacana,gentil sorridente, tem até uma toalinha com seu nome em cima da mesa "Ciclinda" (dela e dos outros 52 alunos) ,Porra queria ter uma toalinha (porra não "pÔ"
aqui não pode xingar).
Hoje aconteceu o primeiro dia da oficina, (Lindo o dia!!)
Logo após o gongo tocar, partimos para o bar da zilda onde rolo um papo super bacana sobre Lutero, sociedade, sinuca, dentre outras cositas más renderam em boas idéias . A idéia radiou tanto que a luz até caiu, terminando a cervejinha ainda no escuro voltamos a escola luterana para m'editar vídeos.
Drizinha tá o saci chupando manga na edição, tá "pocando" diria um capixaba nato!
Eu ando planejando um Tela Viva Em Serra Pelada,com uma pesquisa de corpo de feriado e uma pintura experimental com pigmentos de flor, folhas e lápis aquerela.
A idéia tá rolando.Vamos ver se rola até domingo.


me voy a la edicion in serrapelada
O quarto ainda cheira a incenso, os alunos são uns amores,as meninas são belas os meninos fumam a escola é linda o buteco é ao lado e a m'editação é mato!

domingo, 15 de agosto de 2010

Carpe diem

Tu não procures - não é lícito saber - qual sorte a mim qual a ti

os deuses tenham dado, Leuconoe, e as cabalas babiloneses

não investigues. Quão melhor é viver aquilo que será,

sejam muitos os invernos que Júpiter te atribuiu,

ou seja o último este, que contra a rocha extenua

o Tirreno: sê sábia, filtra o vinho e encurta a esperança,

pois a vida é breve. Enquanto falamos, terá fugido

ávido o tempo: Colhe o instante, sem confiar no amanhã.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Negros S.A

Por Moema Costa Freitas.

Apesar de a maior parte dos escravos não saber ler nem escrever, isso não significava que não tivessem cultura. Eles trouxeram para o Brasil seus hábitos, suas crenças, suas formas de expressão religiosa e artística, além de terem conhecimentos próprios sobre técnicas de plantio e de produção. Entretanto, a violência e a rigidez do regime de escravidão não permitiam que os negros tivessem acesso à educação. Foi somente em 13 de maio de 1888 que a Princesa Isabel assinou a Lei Áurea, libertando todos os escravos. Mas para muitos essa liberdade não poderia mais ser aproveitada como deveria. Após anos de dominação, os negros foram lançados numa sociedade preconceituosa, de forma desarticulada, sem dinheiro, sem casa, sem comida, sem nenhuma condição de se estabelecer.

Na contramão da ausência e do esquecimento o negro não foi ausente na literatura brasileira, a Sabina de Machado de Assis retratava a temática do mestiço, Gonçalves Dias era mestiço branco e negro segundo o mesmo.

Itamar Assumpção, músico, afro brasileiro assumido, filho de pai de santo, é considerado um maldito, com letras inteligentes revolucionou sua época (e ainda revoluciona). No cinema Zózimo Bubul é retratado, o cinema de um guerreiro que revela a paixão pela cultura negra e a arte de documentar. Nos pontos riscados e cantados do candomblé que nascia a arte de Abdias Nascimento fundador do teatro experimental do negro, o zumbi da resistência negra.

A sociedade anônima está formada, dentre milhões de almas eu só tive coragem de retratar algumas, pois não há espaço nem argumento de minha parte.

Em memória apenas um ponto histórico.

Não é que eu

Seja racista...

Mas existem certas

Coisas

Que só os NEGROS

Entendem.

Existe um tipo de amor

Que só os negros

Possuem,

Existe uma marca no

peito

Que só os NEGROS

Se vê,

Existe um sol

Cansativo

Que só os NEGROS

Resistem.

Não é que eu

Seja racista...

Mas existe uma

História

Que só os negros

Sabem contar

...Que poucos podem entender.

Éle Semog -Ponto Histórico- Poesia e arte de crioulo 1979

sábado, 17 de julho de 2010

Ausência


Confusão
Desordem
Engano
Foi tudo uma grande confusão...
Semifusa
1/64 de uma semibreve
ou metade de uma fusa.
Ando brevemente ou "abreviadamente" confusa.
Quando há mais de uma semifusa na sequência elas são agrupadas para facilitar a leitura.
Ando confusa por conta de um a-gru-pa-men-to.
O que na verdade não acontece, não na minha percepção.
Na sequência elas são agrupadas dificultando a comunicação.
A-gru-pa-men-to: juntar se em grupo
Dupla, trio, bando.
Que funciona muito melhor que uma só pessoa
Duas cabeças...
Pensa muito melhor que uma.
Uma por si só
tem sua percepção autista, porém minimalista.
Que no final não é entendida pela ausência de diálogo
Troca de ideias,falar, acontecer, causar.
A causa da confusão.

Construir pontes
ou muros?



No final tudo acaba em música

((Ausência Itamar Assumpção))
(Meu bem,) Bem que você podia
Pintar na sala
Da minha tarde vazia
Como na poesia

terça-feira, 13 de julho de 2010

Caramujo-Flor

Ficção/experimental – 35mm – cor- ano 1988 – 21 min

Sinopse: O itinerário da poesia de Manoel de Barros, através de uma colagem de fragmentos sonoros e visuais.
Direção: Joel Pizzini
Elenco: Ney Matogrosso, Rubens Corrêa, Tetê Espínola, Aracy Balabanian, Almir Sater





Conto

Uma tal de ventania me falou um dia, das histórias que tinha vivido nesse mundão.
Louca que só bebia mais que podia...
Foi quando encontrei Lua, linda como o sol e forte como a terra...
Todas as noites conversava com a Lua, e numa noite chegamos a uma conclusão:
"O mundo é dos loucos
e os loucos somos nozes."

Moema, quem?

Uma grande dúvida para alguns

Um livro aberto para outros.

No fim ninguém pra muita gente.

A filha de tupinambá?

Que arde como Pimenta?

É morena?

Faz Poema?

Louca e santa?

A astúcia de Cauê, o tupi exilado.

Com a doçura de Joana a baiana encantadora.

Da paixão de Dan, que se apaixona facilmente.

Com o toque do meu Abor que gosto mais do que expresso.

Na malandragem de Pechincha, palhaço! Poeta.

Pelo carinho de Lipe e a fome de samba que tem.

Nas antigas conversas com Jan no café do Brá

E As 7L de Emmanuel (malandragem dá um tempo!)

É sentimento, fato vivido, documentado.

Moema

É efêmera e se perde rapidamente.

““... Que a importância de uma coisa não se mede com fita métrica nem com balanças nem barômetros etc.

Que a importância de uma coisa há que ser medida pelo encantamento que a coisa produza em nós."

Prazer, meu nome é Moema e eu estou encantada.

06

Minha amiga Moema!!
Que vive longe... com a cabeça nas alturas moema ê moema á

A mesma que dançou com os índios
se banhou nas águas deste mar

Fez chá com os nativos
pitÔ com Joana
encantou Graussá
cantou na pituã
e fez piercin no takatá

É do Espirito Santo
mas de santa não tem nada

Uma menina...
Tem a cabeça do tamanho do mundo
e a sabedoria da velha
gosta de observar
ama o ser humano que sei
e assim pôs a cidade a cantar

Onde andará a filha de Tupinambá?

espero que não na casa dos pais.
Cauê Tupi

05

Menina morena
piercin na boca
sorriso mulher
moema
poema
**************
Moema
Poema
Problema

"Em maio desmaio"

Luis filipe Pôrto

04

Ô Mooa, e ainda não entende o que vemos na sua voz?
É coisa boa. Quando cantas,em nosso interior, sua alma ressoa
Ninguém mandou seu nome rimar com poema
Moema...
As pessoas chamam seus amores de 'mô'
que significa amor e que pra você é apelido
Moa... Trocando as letras fica 'amo'...
Moema.. pimenta.. doce.. não arde..
Então qual a graça?
Toda a pimenta tem o seu Q de tentação...
M-o-e-m-a, o nome já rima
Isso pois só falei do nome
E ainda perguntas o que vemos de tão especial em sua voz?

03

Minha santa e louca amiga
Moa
2008
Jan

02

Essa nativa das matas da jurema
me laçou no samba de roda
essa nega era foda
era o inicio do meu problema

uma barata pós-moderna
pintava com uma das mãos
filmava a vida com lentes coloridas
sambava somente com uma das pernas

se tornou nativa
na terra em que eu jurava ser improdutiva
um barro duro, india quebrou com as próprias mãos
e a beleza fez brotar

índia por favor não desfaça o feitiço
não deixe meu peito omisso
não dê a beleza sumisso
não tire meu chão, meu luar

nega, esse é meu compromisso
ser nego cativo, presente
é só me tornares ciente
que me quieres contigo na falange de Tupinambá

“...Moema, Moema, Moemê, Moema, Moema, Moemá, Moema é a Deusa da beleza, filha de Tupinambá...”
7L

01

Vi uma india feiticeira, da tribo tupinambá
se embrenhando pela mata
sua pele seu disfarce
cabelos negros como a noite
lindo sorriso como luar

seus dois olhos de estrela
advinham onde foram iluminar?
Essa india faceira, pedra de atiradeira
Entre os prédios foi pintar

bordou
colou
pintou
construiu
desconstruiu
compartilhou
abandonou
apaixonou
magoou
brilhou
viveu
sentiu
7L

sábado, 15 de maio de 2010

Nome de pimenta
Assim é Moema
Como a pimenta mesmo que levou seu nome
Não arde, é doce...
Se encanta pelo ser humano que sei
e isso é o que mais gosto dela
Pelo pouquissimo tempo que já a conheço.
Já posso também chama-la de "meu bem"...

Dan.

sábado, 13 de março de 2010

Geraldão o Orfão







e os fatos continuam sendo fatos... não naturalmente.
mas levemente forjados.
Glauco Villas-Boas (Jandaia do Sul, 10 de Março de 1957 — Osasco, 12 de Março de 2010) foi um desenhista e cartunista brasileiro.








domingo, 7 de março de 2010

SEr MUlher a Vida inteira


Anita
Malfatti
A inspiradora do modernismo





Anita Garibaldi

A "Heroína dos Dois Mundos".




Anaíde Beiriz

Poetisa e professora, escandalizou a sociedade retrógrada da Paraíba dos anos 20 com o seu vanguardismo: usava pintura, cabelos curtos, saía às ruas sozinha, fumava, não queria casar nem ter filhos, escrevia versos que causavam impacto na intelectualidade paraibana e escrevia para os jornais.



Ana
Botafogo
A bailarina mais popular do Brasil




Anésia Pinheiro Machado

Primeira mulher que voou só, no Brasil.
Pioneira da aviação feminina e da aviação civil no Brasil.
DECANA MUNDIAL DA AVIAÇÃO FEMININA




Betty Friedan
A dona-de-casa que virou símbolo do feminismo
(1921)
Uma dona-de-casa comportada e mãe de três filhos de repente publica um manifesto em que estimula as mulheres, até então resignadas aos seus limitados papéis, a se rebelar. O ano é 1963 e a autora é Betty Friedan. Com o livro A Mística Feminina, conquistou leitoras que, como ela, eram exclusivamente mães e donas-de-casa.


Bibi
Ferreira
A atriz que nasceu no palco
Bibi tinha só 24 dias de vida quando estreou no teatro. A carioca Abigail Isquierdo Ferreira entrou em cena no colo de uma atriz da companhia de seu pai, o ator Procópio Ferreira, na peça Manhãs de Sol, em 1924. A boneca quebrou minutos antes de começar o espetáculo e a solução foi tirar a pequena Bibi do berço no camarim para substituí-la. Nunca mais ela abandonaria a profissão.


Bidu
Sayão
A mais famosa cantora lírica brasileira
(1906•1999)
Reinventora do bel-canto. Foi assim que o jornal New York Herald referiu-se a Bidu Sayão, em 1924, após sua apresentação em Paris. Sem ter uma voz potente, ela possuía timbre nítido e uma pronúncia clara.



Cacilda
Becker
A atriz que virou sinônimo de teatro
(1921•1969)
Com apenas 1,62 m de altura, magra e dona de uma voz fraquíssima, Cacilda Becker encantava as platéias, como uma verdadeira diva. Seu mito resiste até hoje, mais de 30 anos após sua morte, alimentado por sua personalidade carismática.



Cora
Coralina
A poeta goiana fez sucesso só depois dos 70"Eu sou aquela mulher que fez a escalada da montanha da vida removendo pedras e plantando flores"

Chiquinha Gonzaga
A primeira mulher a reger uma orquestra no Brasil.


Dercy Gonçalves
Nascida Dolores Gonçalves Costa, na cidade fluminense de Santa Maria Madalena, fugiu de casa aos 16 anos para trabalhar numa companhia de teatro, mudou o nome para homenagear a primeira-dama Darcy Vargas e aprendeu sozinha tudo o que sabe hoje. Fez teatro, tevê, rádio, cinema e ainda é a inspiração de muitos comediantes, principalmente nas técnicas de improviso, nas quais é mestre.

Dorina
Nowill
Ela trouxe a imprensa Braille para o BrasilNunca me revoltei por ter ficado cega

Elis Regina
A maior cantora do Brasil "A coisa mais importante do mundo é a minha casa!”


Estée Lauder
A vendedora de cremes que fez um império"O ramo da beleza é feito de trabalho duro"


Fernanda Montenegro
A grande dama da interpretação“Ter sobrevivido, ter chegado ao fim do século 20, fazendo com amor o meu ofício, é o que considero a coisa mais importante da minha vida. O resto são detalhes dessa trajetória”


Gilda
de Abreu
A primeira cineasta do Brasil
(1904•1979)
Nascida em Paris, filha de uma cantora lírica e de um médico, Gilda de Abreu foi mais que primeira cineasta do País. Cantora que se revelou uma excelente soprano do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, como intérprete de óperas de Rossini, Offenbach e Delibes, Gilda também abraçou o teatro musicado, foi atriz de cinema e compositora de várias canções. Como diretora e roteirista, esteve à frente de filmes como Pinguinho de Gente e O Ébrio, este último inspirado em composição de sucesso de seu marido, o cantor Vicente Celestino, com quem se casou em 1933. Artista completa que mergulhou de cabeça nos meandros da criação e da interpretação, Gilda também foi atriz, roteirista e diretora do filme Coração Materno, sucesso de público em 1950, além de ter produzido vários documentários e curtas-metragens. Seus filmes, que se tornaram material obrigatório de estudo para cinéfilos, retratam a fase pioneira do cinema nacional.


Hebe
Camargo
Ela está há meio século no ar


Irmã
Dulce
O anjo dos desvalidos da Bahia“Como católica e brasileira, meu dever é ajudar. As obras não são minhas, são de Deus”
Janete
Clair
A maior novelista do Brasil


Luz del Fuego
Uma bailarina com um casal de jibóias enrolado em seu corpo foi a grande atração de um circo carioca, em 1944. Era a estréia na vida artística de Luz Divina, pseudônimo de Dora Vivacqua. Três anos mais tarde, a vedete passaria a se chamar Luz del Fuego, nome tirado de um batom usado por Carmen Miranda. Luz prezava a liberdade do corpo e da expressão. Gostava de andar seminua e levantava bandeiras inexistentes na época, como a da ecologia e a do naturismo.


Leila Diniz
A revolução pela alegria"Eu faço qualquer coisa que me dê alegria e dinheiro, seja Shakespeare ou Gloria Magadan"
A esquerda a considerava artificial e a direita, imoral. Leiluska, como era chamada pelos amigos, saiu de casa aos 17 anos para morar com o cineasta Domingos de Oliveira, que a dirigiu em Todas as Mulheres do Mundo (1966).



Margareth mee
Foi uma artista botânica inglesa que se especializou em plantas da Amazônia brasileira ."Uma Visão da Amazônia"






Maria Quitéria de JesusMilitar brasileira, heroína da Guerra da Independência. Considerada a Joana d'Arc brasileira"

tão valente quanto honesta senhora".


Mãe
Menininha
A ialorixá que irradiou ternura

Nise da Silveira
Ela revolucionou a psiquiatria com a arte“Acho um desaforo chamar alguém de paciente, doente mental ou louco”
Odete
Lara
De símbolo sexual a zen-budista





Olga
Benario
Ela foi entregue a Hitler pelo governo Vargas
Olga Benario tinha apenas 20 anos quando comandou, em 1928, o cinematográfico seqüestro de seu namorado e companheiro de militância na Juventude Comunista, Otto Braun, em Berlim, durante o julgamento dele. A judia filha de uma família burguesa de Munique virou uma das lideranças comunistas mais perseguidas na Alemanha e refugiou-se em Moscou, onde conheceu Luís Carlos Prestes, o já então lendário brasileiro conhecido como “Cavaleiro da Esperança”.
Pagu
A libertária musa do modernismo


Rachel
de Queiroz
A primeira mulher da Academia Brasileira de Letras


Rosa
Luxemburgo
A voz da consciência do comunismo



Simone de
Beauvoir
A heroína do feminismo

Tarsila do
Amaral
A grande mestra do modernismo“Parece mentira, mas foi no Brasil que tomei contato com a arte moderna”



Tônia
Carrero
Divina beleza que ilumina os palcos

Virginia
Woolf
A escritora que despertou o feminino

Zuzu
Angel
A estilista que foi vítima da ditadura


Zila Mamede

Foi uma importante poeta e bibliotecária brasileiraZila escrevia com sutileza sobre seu dedão, suas paixões, mas abordava ainda temas relacionados ao sertão nordestino.



Zacimba gabaPrincesa, Escrava, Guerreira






8 de março dia da mulher

Bobagem pouca
Besteira
Recíproca nula
A gente espera
Mero incidente
Corriqueiro
Ser mulher
A vida inteira...
Minha beleza
Não é efêmera
Como o que eu vejo
Em bancas por aí
Minha natureza
É mais que estampa
É um belo samba
Que ainda está por vir
É um belo samba
Que ainda está por vir
É um belo samba
Que ainda está por vir...
Mulher não só no dia 8 mais a vida inteira. Machão.
be-i-jos.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

meu coração de criança
nao é só a lembraça
de um vulto feliz de mulher

caê.
Essa nativa das matas da jurema
me laçou no samba de roda
essa nega era foda
era o inicio do meu problema
uma barata pós-moderna
pintava com uma das mãos
filmava a vida com lentes coloridas
sambava somente com uma das pernas
se tornou nativa na terra em que eu jurava ser improdutiva
um barro duro, india quebrou com as próprias mão
se a beleza fez brotar
índia por favor não desfaça o feitiço
não deixe meu peito omisso
não dê a beleza sumisso
não tire meu chão, meu luar
nega, esse é meu compromisso
ser nego cativo, presente
é só me tornares cienteque me quieres contigo na falange de Tupinambá

“...Moema, Moema, Moemê, Moema, Moema, Moemá, Moema é a Deusa da beleza, filha de Tupinambá...”

7 L
Vi uma india feiticeira, da tribo tupinambá
se embrenhando pela mata
sua pele seu disfarce
cabelos negros como a noite
lindo sorriso como luar
seus dois olhos de estrela
advinham onde foram iluminar?
Essa india faceira, pedra de atiradeira
Entre os prédios foi pintar
bordou
colou
pintou
construiu
desconstruiu
compartilhou
abandonou
apaixonou
magoou
brilhou
viveu
sentiu

7L

Fragmentos de la felicidad conversaciones ciberneticas...

Um equilibrista me falou: equilibrio é um estado que quando vc percebe, já perdeu. Não perceba! Pequeno e FORTE como o tamborim ...
Prefiro a Evolução a Revolução
O tempo passa...as pessoas mudam......eu não vou esconder...eu só faço arte....
Se a arte não está em mim...Onde estará?
Celebro tudo com vinho e amor...pq o fim tb é um começo!
É preciso coragem pra amar alguém de verdade. são poucos os corajosos.
Telepatia ...é entender o sentimento do outro só no olhar

...repensando ...iqual a vc... diferente de todos

Só eu sei. As esquinas por que passei. Só eu sei.
p/7L

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

::Revolución na Cabeça dos velhos::
Qualádiabrura
queloucuraempregaste
praeuficarafim
afim
afim afim.

"multimidiático"

Amizade é: SABER AMAR,SABER COM. PREENDE.SABER COMPADECER.SE,SABER DIZER SIM,SABER DIZAR NÃO.
ApRígio DeLyrio
P
r
i
g
i
o
Não compre plante
manipulação de idéias
manipule se Já




que eu me organizando posso desorganizar
Canto e quebranto
A grandeza dos mais belos sonhos da
Natureza.
Transceda e Transmita.

Telepatia

T
tezinho
TESÃO.

Telepatia ...é entender o sentimento do outro só no olhar...

Assopro

A
Rival
idade
entre
po
etas
A
Renun
cia
do
A
M
O
R

Moa Freitas DEZ 2007

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

:::Tupinambás:::

Tupinambas mostra de uma maneira poética A Tradição das mandalas Amarelas em uma aldeia de índios cituada na ilha de canavieiras BA::
Segundo a tradição a cor amarela e, o círculo celeste representa uma reverencia ao deus sol.
A linha vermelha é a beleza e o fogo, da qual só as mulheres tem.
A linha do homem é verde e significa coragem.Quanto mais escura a linha mais valente e destemido é o tupinambá.
O mamilo negro significa pureza, Quanto maior o anel mais pura é a mulher.
:::Tupinambás o que tem de mais anti go:::
























































Moa Freitas :: Cauê Tupi:: janeiro 2010